Olint - 22 jul 2013 - 12:39

Características do sistema

Printer-friendly versionSend to friendPDF version

 

  • Densidade plantaçao

Os compassos de plantação seleccionam-se principalmente em função do vigor das variedades, da fertilidade do solo e do regime de rega. Uma distância entre plantas na linha de 1,35 a 1,5 m, uma distância entre linhas de 3,5 a 4 m, e a limitação em altura da oliveira a 2,5 m possibilitam a formação de um sebe vegetativa contínua, boa iluminação, capaz de produções sustentadas com o passar dos anos.

 

  • Formaçao eixo central

Uma das características do sistema superintensivo é a formação da árvore num eixo central, o qual se consegue com uma boa manipulação da poda e com tutores durante os 3 primeiros anos. À medida que a planta vai crescendo, ata-se ao tutor a cada 20 cm. e eliminam-se as ramas situadas no terço inferior, até uma altura máxima sem ramas de 60 cm. É aconselhável um tutor de 2 m para assegurar um bom atado até aos 2,5 m; uma vez alcançada esta altura realiza-se o topping de verão para a manter.

  • Produçao

A entrada em produção é muito rápida, conseguindo já no terceiro ano de plantação uma produção de 3-4 T/ha. Os resultados obtidos nestes anos de experiência nas distintas zonas olivícolas dão valores de produção sustentada entre 8-12 T/ha. Em plantações de zonas quentes com uma adequada manipulação da cultura obtiveram-se produções de até 16 T/ha.

 

  • Rentabilidade

O superintensivo reduziu de forma significativa as necessidades de mão-de-obra, não só na colheita, que no sistema tradicional supõe 80% dos custos totais, mas também noutras operações mecanizáveis como a poda ou mesmo a plantação. Em definitivo, consegue-se um aumento muito notável da rentabilidade e uma menor dependência da disponibilidade de mão-de-obra, cada vez mais escassa em todos os países.

 

  • Qualidade colheita

A utilização das máquinas permite uma colheita rápida no momento óptimo de maduração; as azeitonas não tocam no chão, não se danificam e são transportadas imediatamente para as zonas de processamento. Todos estes factores originam um azeite de alta qualidade, (100% extra virgem) que preserva os aromas característicos de cada variedade.